Clube Naval de Cascais

PortuguêsEnglish (UK)
 
 
segunda, 31 agosto 2020 00:00

XXV Troféu SM Rei Juan Carlos

XXV Troféu SM Rei Juan Carlos Neuza Aires Pereira

 

No Primeiro dia da XXV Edição da do Troféu SM Rei Juan Carlos os nove barcos da classe dragão apenas disputaram uma regata devido ao aumento da intensidade do vento que se fez sentir ao longo do dia. A regata de estreia, que atribui o troféu Vincie, foi para o Olinghi do Wouter ten Wolde com Gonçalo Ribeiro e João Matos Rosa. O Venus de Pedro Mendes Leal com Jorge Ferlov e Pedro Rebelo de Andrade (Vencedor da Dragon Gold Cup em 2019 e campeão europeu em 2017) foi vice na primeira regata do Campeonato. O Saturno de Peter Cunningham com Andy Beadsworth( Campeão do Mundo em 2017 e 2019) e Charles Nakin(Campeão Europeu em 2017) ocupa o lugar mais baixo do pódio.

IMG 5871

O segundo dia do Troféu SM Rei Juan Carlos foi marcado por um dia soalheiro e de vento forte do quadrante Norte de intensidade dos 15 aos 22 nós. A frota, composta pelos 9 Dragões em Prova, iniciou o dia às 11h00 com uma regata tendo regressado a terra devido ao acréscimo da intensidade do vento no final dessa regata. Depois de uma hora em terra as condições voltaram a melhorar e os dragões regressaram para completar mais uma regata. Depois das regatas disputadas nesse dia o Venus de Peter Cunningham com Andy Beadsworth e Charles Nankin lideravam a classificação geral da prova depois de duas vitórias nas regatas desse dia. Em Segundo estava o Band à Part de Gery Trentesaux com Eric Brezellec e Codric Pouligny. No lugar mais baixo do pódio esteve Pedro Mendes Leal com Jorge Ferlov e Pedro Rebelo de Andrade

IMG 6093

Para terminar a XXV edição deste troféu o vento teimou em entrar e a primeira regata do dia começou com 30 minutos de atraso. A primeira regata foi marcada pela instabilidade vento que culminou com um encurtamento na baliza de desmarque na segunda passagem no barlavento do percurso. A vitória desta regata foi para o Whisper de Mario Quina com Raul Bulhão Pato e Marco Flavio, A Comissão de Regatas fez um compasso de espera entre a primeira e a segunda regata de modo a que as condições mínimas voltassem a estar reunidas para voltar a iniciar procedimentos de largada. Dito e feito, o vento de Noroeste voltou a estabelecer-se na baía de Cascais e os 9 barcos da classe dragão puderam terminar as duas regatas que faltavam para fechar o campeonato. A equipa de Mendes Leal bisou com duas vitórias nas regatas que faltavam e assim assaltou o primeiro lugar do pódio. O barco Venus de Pedro Mendes Leal com Jorge Ferlov e Pedro Rebelo de Andrade ao vencer a ultima regata do campeonato conquistou também o troféu Stavros. O segundo lugar do pódio foi ocupado pela equipa francesa de Gery Trentesaux seguido da equipa anglo-saxónica de Peter Cunningham.  

IMG 8310

O CNC é membro de

ICOYC Logo Rodape

botao inscricoes1

Últimas notícias