Clube Naval de Cascais

PortuguêsEnglish (UK)
 
 

2007 - O Mundial da ISAF

O ano de 2007 foi, sem dúvida, um dos mais importantes na história recente do nosso Clube, pois concretizaram-se os projectos para os quais temos vindo a trabalhar nos últimos anos, nos quais temos colocado grande parte das nossas energias, ou seja, inaugurámos as novas instalações e realizaram-se em Cascais os Campeonatos do Mundo de Vela da ISAF 2007.

Em 10 de Fevereiro, sob o alto patrocínio do Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Dr. António D’Orey Capucho, inauguraram-se as novas instalações sociais e o Centro de Alto Rendimento de Vela do Clube Naval de Cascais. Foi uma cerimónia simples, realizada ao final da tarde, onde nos honraram com a sua presença, o Senhor Goran Peterson, Presidente da ISAF, SM o Rei Constantino, Presidente Honorário da ISAF, e os demais membros do Comité Executivo da ISAF, que se encontravam em Cascais para uma das suas reuniões anuais e acompanhamento dos trabalhos da organização dos Campeonatos do Mundo de Vela. Estiveram também presentes várias entidades oficiais do Concelho, bem como os Sócios e Velejadores do Clube que aderiram a esta cerimónia.

Concretizou-se assim uma ambição de longa data de todos os Sócios, havendo agora que continuar a efectuar alguns aperfeiçoamentos, de maneira a tirarmos o melhor partido destas magnificas instalações. Os serviços de exploração do restaurante e bar foram concessionados a uma entidade externa, aguardando-se o licenciamento das instalações para que aquela actividade possa também ser licenciada, e assim dar-se início à exploração.

Os Campeonatos do Mundo de Vela da ISAF 2007, que se realizaram em Cascais por iniciativa do Clube, foram o mais importante evento de vela e um dos mais importantes eventos desportivos alguma vez realizados em Portugal. Estiveram representados 76 países, através de 1.392 Velejadores e 990 embarcações, nos 11 Campeonatos do Mundo que se realizaram simultaneamente, das 9 classes Olímpicas.
Realizaram-se mais de 300 regatas em 11 dias, nos 5 campos de regatas distribuídos pela Baia de Cascais, tendo sido seleccionados 75% dos atletas que participarão nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Estes números são indicadores da importância do que aconteceu em Cascais.

Este evento alcançou um sucesso organizativo a todos os níveis, tendo o Clube Naval de Cascais sido responsável pela respectiva organização técnica no mar e em terra, de acordo com um contrato que para o efeito assinou com a Portugal Vela 2007, sociedade detentora dos direitos de organização do evento, detida pelo Estado Português e pelo Município de Cascais. Trabalhámos em estreita colaboração com todas as outras entidades envolvidas na organização, mas muito especialmente com a Federação Portuguesa de Vela e a ISAF. Gostaríamos aqui de, mais uma vez realçar publicamente o extraordinário trabalho realizado, pela estrutura do Clube, com a indispensável colaboração, compreensão e apoio dos nossos Sócios e de outros voluntários que connosco colaboraram, agradecendo a todos, pois sem a sua extrema dedicação não teríamos atingido estes resultados.

Em termos desportivos estes campeonatos foram também um sucesso para os nossos Velejadores, começando desde logo com o facto de a representação Portuguesa, que estava presente com 8 tripulações, incluir 6 equipas do Clube Naval de Cascais. Todos os nossos Velejadores se classificaram para as respectivas frotas de ouro, e o Gustavo Lima, na Classe Laser Standard e as duplas Afonso Domingos/Bernardo Santos, na Classe Star e Jorge Lima/Francisco Rebelo de Andrade, na Classe 49er, qualificaram-se para os Jogos Olímpicos. Os parabéns a todos pelos resultados obtidos e um muito obrigado por prestigiarem o nome de Portugal e do nosso Clube.

Toda a organização deste evento recebeu elogios das várias entidades ou pessoas que passaram por Cascais no decorrer dos campeonatos, incluindo os Velejadores, os treinadores, os representantes das diversas Federações Nacionais, e também do
Presidente da ISAF, que escreveu uma mensagem de congratulação para o trabalho realizado, realçando o papel que teve o Clube Naval de Cascais.

Motivo de especial orgulho para todos nós foi, como consequência do trabalho realizado, a atribuição pelo Município de Cascais da Medalha de Honra do Concelho ao Clube Naval de Cascais, galardão pela primeira vez atribuído a uma pessoa colectiva, bem como Medalhas de Mérito com que foram distinguidas uma série de pessoas que colaboraram na organização, onde se destacaram os Sócios do Clube: Bernardo Pinto Gonçalves, Bruno Santos, Vasco Empis, Tiago Marcelino e Beatriz Freitas da Silva.

O Clube Naval de Cascais promoveu a edição de um livro sobre estes campeonatos, intitulado “O Vento Chama – Campeonatos do Mundo de Vela da ISAF 2007”, sob a co-autoria de Nysse Arruda, com os textos e João Ferrand, com as imagens e editado pela Editora Principia. Fica assim um registo histórico daquilo que se passou em Cascais em 2007 e convidamos todos os Sócios a adquirirem um exemplar na secretaria do Clube.

Apesar de a maioria das nossas atenções ter estado, durante grande parte do ano, focalizada naquele evento, a actividade das Escolas de Vela, das Equipas de Competição e a organização de outros eventos desportivos continuou com um ritmo bastante intenso, conforme tem sido apanágio dos últimos anos.

Assim, tivemos um preenchido calendário de regatas, onde destacamos o Troféu Quebramar/Chrysler, o Troféu S.A.R. El Rei Juan Carlos I, o Troféu Infante D. Henrique - O Navegador e o Troféu de Natal, bem como as habituais Club Races. 
No que diz respeito às Escolas de Vela registou-se uma natural redução da actividade quando analisados os números anuais, devido à suspensão dos cursos durante o período em que decorreu o ISAF 2007 mas, quando analisados os diferentes cursos trimestrais, constatamos que continua a ser uma actividade que suscita grande procura, com os cursos sistematicamente lotados.

Os resultados desportivos dos Velejadores do Clube nas mais variadas classes e escalões etários, tanto a nível nacional como internacional, continuaram a ser um motivo de orgulho para todos nós, havendo a realçar o 2º lugar alcançado pelo Frederico Pinheiro de Melo no Campeonato da Europa de Juniores da Classe Finn e as vitórias alcançadas pelo GP42, Quebramar/Chrysler, de Gonçalo Esteves, no circuito internacional daquela Classe e na Copa do Rei, realizada em Palma de Maiorca, tendo sido a primeira vez que um cruzeiro português venceu esta prestigiada prova.

Um agradecimento especial à compreensão manifestada por todos os Sócios que tiveram de retirar as suas embarcações do Clube, e a todos os demais que também se viram limitados na utilização das instalações, devido aos compromissos que tivemos de assumir com a organização do ISAF 2007.

Em Novembro, realizou-se no Estoril a Conferência Anual da ISAF, bem como a Gala Comemorativa do Centenário deste organismo, onde foram homenageados os Velejadores do século. Estiveram presentes em Portugal delegados de quase todas as Federações de Vela do Mundo, grandes figuras da Vela Mundial, como sejam, Paul Elvstrom, Dame Ellen MacArthur, Olin Stephens e Sir Robin Knox-Johnstone, bem como representantes de algumas Casas Reais Europeias, como sejam, Inglaterra, Dinamarca e Grécia que têm um grande envolvimento com o desporto da vela.
Portugal, e muito especialmente a comunidade Velejadora nacional e os habitantes do Concelho de Cascais, puderam assim testemunhar este acontecimento de importância mundial. O Clube Naval de Cascais, orgulha-se de ter sido o promotor da iniciativa que trouxe este evento a Portugal, e muito particularmente ao Estoril.
Estamos convencidos que todo o esforço despendido, e as privações que tivemos de sofrer, não foram em vão, e o trabalho dos últimos 4 anos, veio trazer uma nova dimensão ao Clube Naval de Cascais, pois consolidámos a nossa imagem de um dos melhores Clubes náuticos do Mundo.

Para finalizar e sendo esta a ultima mensagem que escrevo ao Sócios enquanto Presidente, não quero deixar de agradecer a todos em geral, mas especialmente aos Membros dos Órgãos Sociais que comigo trabalharam, aos Colaboradores do Clube, às entidades oficiais, especialmente à Câmara Municipal de Cascais, Junta de Turismo da Costa do Estoril, Marcascais, Capitania do Porto de Cascais, Federação Portuguesa de Vela e à ISAF, todo o apoio, colaboração e solidariedade, que tiveram para com o Clube e comigo próprio enquanto presidi aos destinos desta grande instituição que é o Clube Naval de Cascais, que espero ter sabido servir.

Lido 2993 vezes Modificado em quinta, 24 julho 2014 15:22