Clube Naval de Cascais 80 years

PortuguêsEnglish (UK)
 
 
Tuesday, 31 August 2021 19:04

Campeonato do Mundo da Classe SB20

Campeonato do Mundo da Classe SB20 Neuza Aires Pereira

 

Mantém-se intensa a luta pelos lugares de topo no Cascais SB20 World Championship 2021, que hoje teve o seu segundo dia de competição, e provam-no as constantes alterações no topo da tabela classificativa. Mais uma vez, o sinal de advertência para a primeira largada do dia foi dado ao início da tarde, o vento voltou a a soprar do quadrante oeste, com 8-10 nós de intensidade, e a Comissão de Regatas enviou de novo a frota para o reputado Campo de Regatas de Guia.

O programa definido pelo Clube Naval de Cascais, organizador da edição deste ano do Campeonato do Mundo de uma das classes de vela mais concorridas e em maior progressão em Portugal, previa a realização de três regatas. E todas foram integralmente cumpridas, graças, também, às ótimas condições atmosféricas, ideais para a prática da modalidade.

Na primeira regata do dia, o experiente e consagrado velejador brasileiro Henrique Haddad, representando as cores do Clube Naval de Cascais, rapidamente mostrou ao que vinha nesta segunda etapa do evento. Ao leme do Open Bar, e acompanhado de Mário Trindade, Leonardo Lombardi e Pedro Caldas, o atleta olímpico levou a melhor sobre toda a frota, sendo secundado pela tripulação do Another Affair, liderada por Tiago Morais, e composta ainda por Miguel Oliveira e Francisco Oliveira, do Clube de Vela Atlântico. O terceiro posto coube ao Brain Bod, comandado por Charles Whelan, com Richard Mcadam e Chips Howarth, do britânico Bough Beech Sailing Club.

Segunda regata do dia, segunda vitória para o Open Bar, de Henrique Haddad. Desta feita, o segundo posto foi para o go with the flow, representante do Royal North Sea Yacth Club, de Oostende, na Bélgica, com Bart Tytgat ao leme, acompanhado por Marc Braet e Kristof Wouters. O Another Affair, de Tiago Morais, voltou a registar um ótimo resultado e foi o terceiro a cruzar a linha de chegada.

Já na derradeira regata deste segundo dia de prova, o vencedor foi o ted, de Micheal O’Connor, com Davy Taylor e Ed Cook, do Royal Saint George Yacht Club, sedeado em Dún Laoghaire, na Irlanda; seguido do Glasgow Kiss, de Nils Razmilovic, com David Salembier e Pedro Andrade, velejador do CNcascais – os representantes do Royal Hong Kong Yacht Club já tinham vencido uma regata no dia anterior, e aspiram, também por isso, a um resultado de relevo neste campeonato. O terceiro posto foi pertença do Solyd Sailing Team, capitaneado por Vasco Serpa, com Joaquim Moreira e Pedro Costa Alemão, do Clube Naval de Cascais, também a bordo.

Em face destes resultados, a classificação geral registou, naturalmente, profundas alterações face ao dia de ontem. Muito por via das duas vitórias hoje alcançadas, a liderança passou a ser ocupada pelo Open Bar, de Henrique Haddad, com 20 pontos, seguido de perto pelo Glasgow Kiss, de Nils Razmilovic, a não mais do que 5 pontos de distância. Na terceira posição surge o Estonia Delight, de Tonu Toniste, com 31 pontos, mas em igualdade pontual com o Solyd Sailing Team, de Vasco Serpa, atleta olímpico da classe Laser em Atlanta 1996, tetracampeão português de SB20 e atual detentor do título.

Quanto as tripulações femininas, a formação melhor classificada é a representante do Sport Algés e Dafundo. Encabeçada por Carolina João, ao leme do Ladies First/Naturea Sailing Team, acompanhada de Federica Franchi, Joana Azevedo e Zezi Cardoso, alcançou, por esta ordem, um 8º, um 5º e um 14º lugares nas regatas de hoje, o que lhe permitiu ascender ao 13º lugar da classificação geral.

Como seria de esperar, Leonardo Lombardi, táctico do Open Bar, líder do evento e vencedor das duas primeiras regatas Leonardo Lombardi, era um homem feliz: “O vento esteve um pouco fraco para Cascais, esperava maior intensidade, mas as condições, ainda assim, foram fantásticas, com muito sol, tempo quente e condições estáveis, o que permitiu realizar várias regatas num mesmo dia. Estamos muito contentes por estar aqui, em Cascais.

Hoje foi o segundo dia do campeonato, o vento voltou a soprar algo fraco, a variar entre os 6 nós e, no máximo, 13 nós, mas mais uma vez muito estável, com uam direção de 270-300°. E as regatas foram muito, muito duras de disputar.

Quanto ao nosso desempenho de hoje, começámos realmente bem, com duas vitórias, tentámos simplificar as coisas, acompanhar a geometria do percurso, não virar demasiado, ter largadas limpas e confiar na nossa rapidez. E correu extremamente bem nas duas primeiras regatas.

Na terceira foi um pouco mais complicado, porque não conseguimos ser rápidos no início, após a largada, e quando nos deparámos com a primeira boia, já lá estavam demasiados barcos, e foi difícil tomar a decisão final para a aproximação à baliza: cometemos um erro grave, virámos demasiado cedo antes do lay line, e praticamente ficámos ali parados. Foi uma regata que cumprimos a tentar ganhar posições, mas com estes ventos, e as condições estáveis, é difícil recuperar, pelo que terminámos em 26º, o que nos deixou um sabor algo amargo, após duas vitórias.

Mas, mais uma vez, estamos muito contentes por estar aqui, e gratos à organização, ao Clube Naval de Cascais, a todos os velejadores e à estrutura da prova”.

O Cascais SB20 World Championship 2021 cumpre amanhã, 1 de setembro, o seu terceiro dia de prova. Voltam a estar agendadas mais três regatas, estando a primeira largada prevista para as 13h00. Este é um evento em que participam alguns dos principais nomes da classe SB20, tanto a nível nacional como mundial, organizado pelo Clube Naval de Cascais, e que conta com o patrocínio da Câmara Municipal de Cascais, Turismo de Portugal, IPDJ, Federação Portuguesa de Vela, Leitão & Irmão, Vista Alegre, Solyd, Sagres, Simões & Gaspar, Lusíada Saúde, Clarins Men, Clarins e JCDecaux.

Resultados: https://www.cncascais.com/index.php?option=com_rib&view=item&id=1256&catid=2&Itemid=157&lang=pt#results

O CNC é membro de

ICOYC Logo Rodape

botao inscricoes1

Últimas notícias