Clube Naval de Cascais 80 years

PortuguêsEnglish (UK)
 
 
Tuesday, 16 November 2010 00:00

Prémio Henrique Anjos

Estimados Sócios,

O Clube Naval de Cascais realizou no passado dia 10 de Junho de 2010 a merecida Homenagem a Henrique Anjos. Foi prestado o condigno louvor a esta personalidade, na presença de centenas de familiares e amigos.

Na mesma ocasião foi criado o Prémio “Henrique Anjos” que se destina a honrar e perpetuar a memória dos sócios do Clube Naval de Cascais e a reconhecer e premiar a excelência na acção de pessoas que se distingam pelo respeito, fomento e prossecução dos princípios da dedicação e promoção do desporto da Vela, das actividades náuticas e de lazer de carácter náutico, aliadas às boas práticas da cidadania, igualdade e justiça.

Nesse sentido, vem o Clube Naval de Cascais publicar o Regulamento do Prémio “Henrique Anjos” e solicitar o envio das suas candidaturas, até 31 de Dezembro do corrente. As candidaturas devidamente fundamentadas, como referido no artigo 7º do Regulamento, serão analisadas por todas as partes referidas nesse artigo e será feita posteriormente a cerimónia de atribuição das medalhas.

Qualquer questão adicional deverá ser dirigida a Sofia Borges de Castro, através do mail: Sofia.castro@cncascais.com.
Clube Naval de Cascais

Regulamento do Prémio “Henrique Anjos”

Artigo 1º
Dos princípios
O Clube Naval de Cascais cria o Prémio «Henrique Anjos» que se destina a honrar e perpetuar a memória do seu sócio Henrique Anjos e a reconhecer e premiar a excelência na acção de pessoas que se distingam pelo respeito, fomento e prossecução dos princípios da dedicação e promoção do desporto da vela, das actividades náuticas e de lazer de carácter náutico, aliadas às boas práticas de cidadania, igualdade e justiça.

Artigo 2º
Objecto
 
1 – O presente regulamento estabelece o regime da atribuição do Prémio «Henrique Anjos» pelo Clube Naval de Cascais.
2 – O Prémio «Henrique Anjos» é constituído por uma medalha, designada por «Medalha de Mestre Henrique Anjos», mandada cunhar pela Associação dos Oficiais na Reserva Naval, que será anualmente atribuída à pessoa que seja eleita para receber o prémio.
3 – Anualmente podem ser atribuídas no máximo quatro medalhas.
4 - A atribuição do Prémio e da «Medalha de Mestre Henrique Anjos» nos termos do presente regulamento, será sempre condicionada à prossecução e respeito dos princípios da dedicação e promoção do desporto da vela, das actividades náuticas e de lazer de carácter náutico, aliadas às boas práticas de cidadania, igualdade e justiça.

Artigo 3º
Finalidade
A atribuição deste Prémio e da medalha pelo Clube Naval de Cascais, destina-se a honrar e perpetuar a memória de Henrique Anjos através da distinção pelas altas virtudes reveladas de cidadãos nacionais no âmbito deste regulamento.

Artigo 4º
Âmbito de aplicação
O presente regulamento aplica-se e são elegíveis para receber a medalha:
a) Atletas que pratiquem o desporto da vela;
b)  Pessoas que pratiquem actividades subaquáticas;
c) Pessoas cuja actividade se insira no âmbito da pesca;
d) Pessoas cuja actividade se insira no âmbito dos bombeiros;

Artigo 5º
Atribuição
O Prémio e a «Medalha de Mestre Henrique Anjos» é atribuída pelo Clube Naval de Cascais a pessoas singulares, como reconhecimento pelo seu desempenho singular e exemplar e /ou pela prática de actividades e feitos de relevo dentro de cada ramo de actividade mencionado no artigo quarto.

Artigo 6º
Competência
A competência exclusiva para a atribuição do Prémio e da «Medalha de Mestre Henrique Anjos» pertence em conjunto ao Conselho Geral do Clube Naval de Cascais, representado pela Comissão Executiva do Clube e à Senhora D. Isabel Dentinho Anjos, viúva de Henrique Anjos, ou um seu representante ou dos seus sucessores e um representante da Associação dos Oficiais na Reserva Naval.

Artigo 7º
Do Processo
1 - As propostas para atribuição do Prémio e da «Medalha de Mestre Henrique Anjos» são apresentadas ao Clube Naval de Cascais, por qualquer sócio do Clube Naval de Cascais ou ainda pela Direcção dos Bombeiros dos Estoris, pelas direcções das associações de pesca de Cascais ou por pessoas ligadas às actividades subaquáticas, devem ser fundamentadas e acompanhadas de um currículo do candidato proposto e de todas as informações complementares que abonem a favor da proposta apresentada.
2 – Qualquer proposta para a atribuição do Prémio e da «Medalha de Mestre Henrique Anjos» deve ser apresentada até 31 de Dezembro de cada ano.
3 – Apresentadas e aceites propostas pelas entidades competentes, a votação da atribuição do Prémio e da medalha será realizada em reunião conjunta entre a Comissão Executiva do Clube Naval de Cascais e a Senhora D. Isabel Dentinho Anjos, ou um seu representante ou dos seus sucessores e um representante da Associação dos Oficiais na Reserva Naval, devendo ser aprovadas por unanimidade dos presentes.
4 – As decisões tomadas sobre as propostas que sejam apresentadas são irrecorríveis.
5 – A entrega do Prémio e da «Medalha de Mestre Henrique Anjos» será efectuada em acto público a decorrer na Sede do Clube Naval de Cascais, durante o mês de Junho de cada ano.

Artigo 8º
Formato da Medalhas
As medalhas terão o formato e característica em anexo a este regulamento.

Artigo 9º
O presente regulamento entra em vigor no dia seguinte à sua aprovação pela Comissão Executiva do CNC.

 

O CNC é membro de

ICOYC Logo Rodape

SubMenu

botao inscricoes1

Últimas notícias